fbpx
(21) 99791-8434   caritatem@caritatem.com.br

A beleza da complementaridade.

Ao homem, d’um modo mais especial, conferiu a inteligência, o conselho e a força; a mulher, a inteligência do coração, a flexibilidade. É certo que as riquezas d’uma destas duas maravilhosas criaturas não são completamente recusadas à outra: designo somente as qualidades que, segundo as leis ordinárias, dominam n’uma mistura, em que os dons são continuamente variáveis. Assim, a força não é geralmente tida como caráter próprio e predominante da mulher, o que, por sem dúvida, não é afirmar que a mulher não possa ser forte e corajosa, nem tão pouco que o homem em muitas circunstâncias não seja mais fraco que a mulher. Trata-se unicamente do que mais habitualmente se apresenta, do que resulta da constituição primitiva, dos dons especiais concedidos a mulher e da sua missão neste mundo.

Diremos ainda que, ao lado de cada uma das nossas boas qualidades, se acha um defeito posto, e que em consequência das enfermidades da natureza e das misérias do pecado, a flexibilidade de caráter, e agilidade de constituição facilmente degeneram em fraqueza e inconstância. Foi isto o que fez dizer a São Tomás que as imperfeições do temperamento entram por muito na fraqueza censurada às mulheres. Também o sábio responde ao pensamento dos séculos e ao julgamento da experiência, quando exclama: – Quem encontrará a mulher forte?

————————————————//————————————————

Gostou do livro “A Mulher Forte”?

Deixe-nos um comentário sobre esse trecho.

Acesse abaixo o link da campanha de publicação desta obra raríssima, escrita especialmente para as mulheres e nos ajude adquirindo o seu exemplar e compartilhando nas redes sociais! Vamos construir um exército de Mulheres Fortes!! ❤

Acesse -> Campanha A Mulher Forte

Deo Gratias!

Deixe uma resposta




Promover e defender os princípios supremos da Família Tradicional e da Doutrina Católica.

Facebook

Outras redes Sociais