Imitação de Cristo CA8860 | Caritatem
Imitação de Cristo CA8860

Imitação de Cristo

Ref.: CA8860 Compra Segura

Dentre os clássicos de espiritualidade, a Imitação de Cristo sempre ocupou um lugar à parte desde que, nos idos do século XV, um monge da regra de Santo Agostinho reduziu a máximas um vasto cabedal de conselhos espirituais. Por que não passa de moda, se parece ter em vista mais os recluídos no claustro do que o homem da rua, se as circunstâncias mudaram, se fala numa linguagem de um laconismo “incômodo”?

Não muda a alma humana. Os homens oscilam nas suas turbulências, mas trata-se sempre de movimentos pendulares que, mais cedo ou mais tarde, refluem ao seu eixo para nele encontrarem o seu ponto de repouso: “Fizeste-nos, Senhor, para Ti, e o nosso coração está inquieto enquanto não descansar em Ti”. Todas as tentativas de evasão desembocam na melancolia da canção hippie: liberdade não é senão outra maneira de dizer que nada sobrou para ser perdido.

A Imitação centra-se nesse eixo maravilhosamente inevitável. Repleta de observações finamente psicológicas, contrapõe o homem sem finalidade àquele que deixou as suas flutuações para se fixar em Jesus Cristo. E em torno dessa idéia-força analisa os anseios humanos, as suas queixas e desilusões, as miragens a que o homem se agarra, envolvido nas malhas do imediato, do fácil e do agradável. E a seguir, passa às perspectivas do amor divino, que pacificam a vida porque lhe dão o sentido do definitivo.

Os pensamentos coligidos neste caderno não suprem a leitura da obra completa, mas são pinceladas suficientemente vigorosas para estimular um homem de alma nobre a procurar a verdadeira medida das suas ações.

R$ 22,50

Escolha uma opção

Produto indisponível

Dentre os clássicos de espiritualidade, a Imitação de Cristo sempre ocupou um lugar à parte desde que, nos idos do século XV, um monge da regra de Santo Agostinho reduziu a máximas um vasto cabedal de conselhos espirituais. Por que não passa de moda, se parece ter em vista mais os recluídos no claustro do que o homem da rua, se as circunstâncias mudaram, se fala numa linguagem de um laconismo “incômodo”?


Não muda a alma humana. Os homens oscilam nas suas turbulências, mas trata-se sempre de movimentos pendulares que, mais cedo ou mais tarde, refluem ao seu eixo para nele encontrarem o seu ponto de repouso: “Fizeste-nos, Senhor, para Ti, e o nosso coração está inquieto enquanto não descansar em Ti”. Todas as tentativas de evasão desembocam na melancolia da canção hippie: liberdade não é senão outra maneira de dizer que nada sobrou para ser perdido.


A Imitação centra-se nesse eixo maravilhosamente inevitável. Repleta de observações finamente psicológicas, contrapõe o homem sem finalidade àquele que deixou as suas flutuações para se fixar em Jesus Cristo. E em torno dessa idéia-força analisa os anseios humanos, as suas queixas e desilusões, as miragens a que o homem se agarra, envolvido nas malhas do imediato, do fácil e do agradável. E a seguir, passa às perspectivas do amor divino, que pacificam a vida porque lhe dão o sentido do definitivo.


Os pensamentos coligidos neste caderno não suprem a leitura da obra completa, mas são pinceladas suficientemente vigorosas para estimular um homem de alma nobre a procurar a verdadeira medida das suas ações.

Aproveite Também

O combate espiritual

R$ 29,20

R$ 27,74 Depósito ou Transferência

O Privilégio de ser mulher

R$ 38,50

7x de R$ 5,50 S/ JUROS

R$ 36,58 Depósito ou Transferência

Como ser um bom pai

R$ 44,00

R$ 41,80 Depósito ou Transferência

A Moral Católica

R$ 46,90

R$ 44,56 Depósito ou Transferência